Indicações e contra-indicações

Recomendação

Nível de evidência

Antes de iniciar a ventilação não invasiva, todos os utentes devem  ser avaliados relativamente a:

- Capacidade de proteção da cia aérea
- Nível de consciência (à excepção dos utentes inconscientes com DPOC hipercápnica com indicação de não entubar)
- Nível antecipado de adaptação à máscara facial
- Capacidade de gerir as secreções respiratórias
- Potencial de recuperar para uma qualidade de vida aceitável para o utente

Na ausência de uma avaliação positiva em algum dos critérios tornam a VNI não recomendada e deve ser revisto o plano de cuidados ou escalada a terapia.

Concenso

Avaliação

Recomendação

Nível de evidência

Todos os utentes com VNI devem ter um plano de cuidados documentado. Este plano deve ser delineado no início da colocação da VNI, revisto numa base regular (pelo menos a cada 24h e a cada alteração da condição do utente) e actualizado conforme requerido. 

Consenso

Todos os utentes com VNI devem ter uma avaliação formal e registo da integridade de toda a pele pelo menos diariamente. Isto inclui a pele debaixo do nariz, face e pescoço.

Consenso

Configuração e manutenção do material

Recomendação

Nível de evidência

A avaliação do tamanho da máscara, tipo de interface, ajuste do cabresto, integridade da pele nas zonas de contacto com a máscara, sincronização com a ventilação e quantidade de fuga da máscara devem ser realizados cada vez que o interface é ajustado e pelo menos de duas em duas horas.

Consenso

As intervenções para prevenir lesões por pressão secundárias ao interface devem ser implementadas no início da VNI.

Consenso

Quando é idenficada deterioração da intergridade da pele, devem ser implementadas imediatamente estratégias para prevenir agravamento da lesão.

Consenso

a) Configuração incial para BiPAP: inspiratory positive airway pressure (IPAP) de 10cmH2O e expiratory positive airway pressure (EPAP) de 4-5cmH2O = pressure support (PS) de 5-6cm H2O
b) Configuração incial para CPAP: 5cmH20

C

Aumentar o IPAP em 2-5cmH2O a cada 10 minutes ou conforme clinicamente indicado até se atingir uma resposta terapêutica. O IPAP máximo não deve exceder 20 – 23 cmH2O.

C

O volume corrente de 6-8mls/kg (peso ideal) é o alvo para utentes adultos.

C

A pressão de ventilação não invasiva ideal é a menor pressão possível com a menor Fi02 em que se consiga uma Sa02 de 90% e Pa02 de 60mmHg sem deterioração clínica.

Consenso

Todos os circuitos de VNI devem ser activamente humidificados.

C

Os filtros permutadores de calor e humidade (Heat moisture exchangers HMEs) não são recomendados para VNI.

C

Conforto e adaptação do doente

Recomendação

Nível de evidência

A avaliação do conforto e dor do utente deve ser realizada a cada duas horas e documentada.

Consensus

A avaliação da tolerância do utente a níveis mais altos de VNI deve ser realizada a cada hora até atingir o nível mais alto de tolerância.

Consensus

Os utentes com VNI devem ser posicionados para atingir a maior expansibilidade toráxica e  prevenir a obstrução das vias aéreas.

Consensus

Uma máscara facial ou full-face obtém o mesmo resultado clínico e é preferível a uma máscara nasal em contexto agudo.

A escolha da máscara é influenciada por:

- O conforto do utente
- A efectividade clínica
- O equipamento disponível

A máscara full-face deve ser considerada; no entanto, devido ao seu uso limitado e evidência limitada sobre a maior eficácia, não é terapia de primeira linha.

C

Escalar da terapia

Recomendação

Nível de evidência

Deve ser documentado no início do tratamento um plano claro para os parâmetros ventilatórios indicando uma escalada para entubação e ventilação no caso da VNI falhar.

Consensus

Se o utente não melhorar clinicamente dentro de 4 horas após o início da VNI, a decisão sobre entubar e ventilar deve ser tomada.

A

A entubação e ventilação devem ser implementadas em deterimento da continuação da VNI no caso de falhar a terapêutica tardiamente (após as 48h).

B

Deve ser implementado e documentado um plano claro no início da terapia indicando a decisão de não entubar e ventilar no caso de falhar a terapia com VNI. Esta decisão deve ser discutida entre o utente (ou responsável legal) e o médico responsável e documentado no processo clínico.

Consensus

Tratamento paliativo

Recomendação

Nível de evidência

O tratamento paliativo para alívio da sintomatologia, em combinação com opióides e benzodiazepinas para tratar dispneia deve ser documentada e prescrita no início do tratamento. Este planeamento deve ser implementado pela equipa de enfermagem em resultado da avaliação do conforto do utente

Consenso

Utentes com insuficiência respiratória associada a patologias crónicas devem:

- Ser questionados sobre alguma orientação prévia (testamento vital) antes da implementação da VNI. Um acompanhante significativo pode apresentar evidência sobre alguma orientação prévia do utente e deve ser encorporada na tomada de decisão.
- Utentes sem testamento vital devem ser informados adequadamente sobre o planeamento da continuação ou escalar da terapia como parte integrante do plano de cuidados para a inclusão dos seu desejos para o fim de vida, quando este estiver clinicamente estável.

Consenso

Cuidados de enfermagem

Recomendação

Nível de evidência

Deve ser providenciado e documentado um plano claro para os cuidados de enfermagem enquanto o utente estiver com VNI nas primeiras 24h de terapia. Este plano deve incluir apoio psicossocial como a segurança cultural, as necessidades espirituais, as necessidades da família e as presocupações financeiras.

Consensus

A higiene oral deve ser atendida a cada 2 horas enquanto o utente tolerar a cessação da VNI por menos de 5 minutos.

Consensus

Os cuidados oculares devem ser atendidos a cada 2 horas.

Eye Care Clinical Practice Guideline

Um banho corporal total, incluindo desfazer a barba deve ser realizado diariamente ou com mais frequência de acordo com a resposta à sudorese e ao nível de tolerância do utente.

A full body wash, including facial shave, is to be attended daily or more often as required in response to patient diaphoresis and the patient’s level of tolerance..

Consensus

Os utentes devem ser encorajados a sentar-se fora da cama se tolerado. Quando no leito, devem ser posicionados de com o tronco na vertical para facilitar a expansão toráxica.

Pressure Injury Prevention Guideline

A farmacoterapia (como ansiolíticos) devem ser prescritos pela equipa médica no início da terapia e implementados pela equipa de enfermagem conforme requerido em resposta à avalição do utente.

Consensus

Nutrição e hidratação

Recomendação

Nível de evidência

A alimentação oral deve ser iniciada se o utente tolerar pequenos periodos sem VNI.

Consensus

Não deve ser iniciada a alimentação oral se o utente tiver um baixo nível de estado de consciência ou estiver com stress respiratório com aumento do trabalho ventilatório (FR > 30c/min). Nestas circunstâncias devem ser iniciados fluídos EV.

Consensus

Os utentes com VNI devem ter um balanço hídrico controlado e registado em toda a duração da terapia para avaliar a eliminação e o status hídrico.

Consensus

Devem ser realizadas e documentadas avaliações dietéticas e nutricionais em utentes com VNI 24h após o início da terapia.

Consensus